angel



Ela empurrou o copo na minha direcção. Ergueu o dela com um movimento lento da mão parcialmente coberta por uma luva de cabedal negro, com uma fila de espigões de aço branco junto aos nós dos dedos. Gostei dos dedos compridos, finos.
Peguei também na bebida que ela me trouxera e bebi um golo com os olhos fixos nos dela. Com um sorriso, imitou-me.
Mais tarde, em casa, quando lhe tirei o colete negro que usava sobre a pele, vi no reflexo do espelho as asas desenhadas a negro nas suas costas. E, nesse momento, soube que um anjo tinha caído de propósito do céu só para mim.
publicado por yrleathergrl às 23:47