Folhos, rendas e espanholas - olé!

Nós, as garotas do cabedal, temos uma missão, um objectivo e um propósito claríssimo na vida: acabar com os folhos, as rendas e as espanholas. E passamos a explicar porquê, não vá alguém alienar-se e desatar aos berros que nós discriminamos.

A verdade é só esta: os folhos são para quem tem mau gosto – curto e duro. Não há nada que bata uma belas e confiáveis calças de cabedal negro, macias e quentes, confortáveis e sempre prontas para qualquer guerra.

Quanto às rendas, deixem-me dizer-vos: a minha avó usava rendas; a minha mãe também, mas já só na combinação, por debaixo das saias. Acham que eu quero sair com a minha avó ou com a minha mãe? Que raio de deboche é esse?

E por fim, as espanholas: como diz o ditado, de Espanha nem bons ventos, nem bons casamentos (até me espanta o PM deles ter liberalizado o casamento gay – deve ser à conta dos impostos que vão passar a cobrar…).

Pois é, mas como diz a minha amiga Fatinha, desde que uma senhora cheia de salero me pôs os palitos, nem me falem nessa gente. Ainda por cima levou-me o blusão de cabedal branco, alvo como uma virgem – ela nem de signo o era, caramba!

Não fossem as gerberas sobre a relva e até tinha dado dois pinotes à conta dessa história. Mas um dia volto a ela, não agora, que a minha amiga Fatinha está ali a fazer-me sinais e eu, que não entendo.
publicado por yrleathergrl às 02:18